Pages

O QUE SÃO OS ARCANJOS, QUERUBINS E SERAFINS ?

Arcanjos

Resposta: A palavra "arcanjo" ocorre em apenas dois versículos na Bíblia. 1 Tessalonicenses 4:16 exclama: “Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro”. 


Judas versículo 9 declara: “Contudo, o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés, não se atreveu a proferir juízo infamatório contra ele; pelo contrário, disse: O Senhor te repreenda!” A palavra “arcanjo” vem de uma palavra grega que significa “principal dos anjos” ou “mais importante dos anjos”. Refere-se a um anjo que aparenta ser o líder de outros anjos.

Miguel é o único anjo identificado com um arcanjo (Judas versículo 9). No entanto, Daniel 10:13 descreve Miguel como “um dos primeiros príncipes”. Isso possivelmente indica que há mais de um arcanjo, porque coloca Miguel no mesmo nível que outros “primeiros príncipes”. Daniel 10:21 descreve o arcanjo Miguel como “vosso príncipe”, e Daniel 12:1 identifica Miguel como “o grande príncipe, o defensor”. 

Então, enquanto é possível que haja múltiplos arcanjos, é melhor não presumir nada sobre a Palavra de Deus ao declarar outros anjos como sendo arcanjos. 1 Tessalonicenses usa o singular para identificar “a voz do arcanjo”, não “a voz de UM arcanjo”, o que permitiria a possibilidade de existir mais de um arcanjo. Mesmo se há múltiplos arcanjos, Miguel aparenta ser o seu líder.


Querubins

ILUSTRAÇÃO

Resposta: Querubim / querubins são seres angélicos envolvidos em adorar e louvar a Deus. Os querubins são mencionados na Bíblia pela primeira vez em Gênesis 3:24: “E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida.”

Antes da rebelião de Satanás, ele era um querubim (Ezequiel 28:12-15). O tabernáculo e o templo, assim como os seus pertences, continham muitas representações de querubins (Êxodo 25:17-22; 26:1,31; 36:8; 1 Reis 6:23-35; 7:29-36; 8:6-7; 1 Crônicas 28:18; 2 Crônicas 3:7-14; 2 Crônicas 3:10-13; 5:7-8; Hebreus 9:5).

Os capítulos de 1 a 10 do livro de Ezequiel descrevem os “quatro seres viventes” (Ezequiel 1:5) como sendo os mesmos que os querubins (Ezequiel 10). Cada um tinha quatro faces – a de um homem, de um leão, de um boi e de uma águia (Ezequiel 1:10; também 10:14) – e cada um tinha quatro asas.

Em sua aparência, os querubins “tinham a semelhança de homem” (Ezequiel 1:5). Esses querubins usavam duas de suas asas para voar e as outras duas para cobrir seus corpos (Ezequiel 1:6,11,23). Sob suas asas os querubins aparentavam ter a forma, ou semelhança, da mão de um homem (Ezequiel 1:8; 10:7-8,21).

As imagens de Apocalipse 4:6-9 também aparentam estar descrevendo querubins. Os querubins tinham como propósito o de magnificar a santidade e poder de Deus. Essa era uma de suas responsabilidades mais importantes por toda a Bíblia. Além de glorificar a Deus, eles também serviam como um lembrete visível da majestade e glória de Deus e de Sua presença contínua com o Seu povo.


Serafins

Serafim.jpg
ILUSTRAÇÃO

Resposta: Os serafins, “seres ardentes”, são seres angelicais associados com a visão do profeta Isaías no Templo quando foi chamado ao ministério profético (Isaías 6:1-7). Isaías 6:2-4 registra: “Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam. 

E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. E os umbrais das portas se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça.” Serafins são anjos que adoram a Deus continuamente.

Isaías capítulo 6 é o único lugar na Bíblia que menciona especificamente os serafins. Cada serafim tinha seis asas. Eles usavam duas para voar, duas para cobrir seus pés e duas para cobrir suas faces (Isaías 6:2). Os serafins voavam pelo trono onde Deus estava sentado, cantando louvores enquanto chamavam atenção especial à glória e majestade de Deus. Esses seres aparentemente também serviam como agentes de purificação para Isaías quando ele começou o seu ministério profético.

Um anjo colocou brasa viva nos lábios de Isaías e disse: “Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniquidade foi tirada, e expiado o teu pecado.” Semelhante aos outros tipos de anjos santos, os serafins são perfeitamente obedientes a Deus. Semelhante aos querubins, os serafins estavam particularmente focalizados em adorar a Deus.

Este artigo é: